Programa de faturação: vale a pena ter?

Um programa de faturação é um software que podes utilizar para emitir as tuas faturas e outros documentos de contabilidade, em vez de usares o Portal das Finanças.

Vale a pena usar um programa?

Ter programa de faturação é obrigatórios para empresas, mas não para quem trabalha como independente (por conta própria).

Há vários programas de faturação no mercado e é um mercado competitivo. O que eu uso há 5 anos e que recomendo sempre é o Moloni. É um programa português, super intuitivo e fácil de entender.

Mas vale a pena usar um programa de faturação?

A resposta a estas perguntas é sempre relativa: depende.

Depende da quantidade de documentos que emites todos os meses, do aspeto que queres ter no teu negócio, daquilo que vendes.

imagem via Moloni

Depende da quantidade de documentos

Se emitires muitos documentos por mês, vai definitivamente compensar usares um programa de faturação. O Portal das Finanças não é, de todo, user-friendly, como todos sabemos, e quanto mais de tens de lidar com faturação muitas vezes, mais difícil é tornar esse processo fácil.

Depende do aspeto que queres

Como designer ou dono de uma marca, pode ser muito importante para ti que as tuas faturas tenham o logótipo e que estejam em sintonia com o resto dos teus materiais. Com o Portal das Finanças vais ter aqueles PDFs de sistema, os clássicos recibos verdes, mas com um programa de faturação consegues personalizar os documentos com o teu logótipo e fazer algumas escolhas de tipografia.

Depende do teu negócio

Trabalhas muito para o estrangeiro? Se calhar ter faturas em inglês era útil. Além de que, clientes estrangeiros podem ficar confusos quando envias um recibo verde (não é o documento mais legível do mundo!). Tens problemas com a retenção de IRS? O Portal das Finanças não permite incluir a retenção de IRS nas faturas (só nas faturas-recibo e recibos), mas num programa de faturação já consegues. É um detalhe que pode fazer bastante diferença.

Depende daquilo que vendes

Vendes mais produtos ou serviços? Se venderes produtos, pode ser-te muito útil teres stocks organizados, referências de produtos e todas as hipóteses que um software como o Moloni permite.

Configurações muito além do Portal das Finanças

Os softwares de faturação têm imensas possibilidades, sobretudo para quem tem negócios físicos, com caixas registadoras (os chamados POS), que precisa de um sistema de faturação integrado e que faça a ligação entre todos os equipamentos.

Como freelancers o nosso caso é bastante mais simples e mesmo que vendas produtos, terás um micro negócio, por isso não precisas das funcionalidades todas. Ainda assim, podes considerar mudar para um software em vez de usares o Portal das Finanças.

Artigos relacionados: